segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Diário da Dieta: 8 de Outubro de 2012.

     Olá, hoje foi um dia muito feliz, estou realmente conseguindo me manter firme na dieta e também bem animada com tudo. Depois de alguns momentos que passei, ter dias tranquilos e com alegria têm sido um verdadeiro presente. Hoje foi o dia da pesagem, emagreci nesses 7 dias 1Kg exato. Parecia até mais, pelo que me senti desinchar, mas está ótimo, já imaginava que ia estabilizar a perda de peso, seria bom se continuasse a perder mais de 2kg por semana, mas sabemos que isso não é o que ocorre e também nem é saudável. Depois das primeiras semanas é isso que acontece, durante quase todo o período da minha dieta a perda que ocorreu no meu organismo ficou mesmo nessa média de 1Kg a 1,500Kg por semana. Mas estou animadíssima, faltam 10,200Kg para a meta... \o/
     Também fui tentar tirar uma foto para colocar no blog, aí mexendo pra lá e pra cá no computador achei uma pasta que montei há algum tempo pois queria fazer um vídeo de retrospectiva com fotos antigas e recentes, só que com todos os contratempos eu acabei abandonando e deixei pra lá. Hoje, remexendo no Pc abri a tal pasta e não reconheci a pessoa que estava naquelas fotos...Nossa gente, são realmente assustadoras. É bom saber que não sou mais daquele jeito, mas chega a ser surreal depois de um tempo quando a gente se olha. Tem muitas fotos que jamais postei no blog ou em redes sociais, porque estavam lá no fundo obscuro do HD, escondidas até de mim mesma...hahahaha! Agora como um incentivo a mim e para mostrar para vocês o que Atkins fez a minha vida, vou postando no blog, quando eu me inspirar e tiver tempo livre farei o vídeo. Por hoje separei 3 para comparar com as atuais (que não estão aquelas coisas, mas são recentes). 
     A minha alimentação de hoje está sendo a típica da indução, comi uma bela salada com pepino, tomate, alface, alcaparras e cebola, filé de peito de frango grelhado e 1 colher de maionese. A noite será basicamente o mesmo, só que de salada vou comer chuchu cozido. Meu lanche daqui a pouco será um bolo de farelo de trigo (postarei a receita depois) e durante o dia todo muuuuita água e chá mate gelado. Cortei  já há algum tempo os sucos zero açúcar da minha vida e qualquer outro alimento que contenha maltodextrina, que é um tipo de carboidrato também, percebi que andava travando minha dieta, então ao invés de tomar suco, abuso dos chás, quentes ou gelados, e adoro!  Também controlo bem a ingestão de queijos e de creme de leite, nem consumo isso todos os dias. Os farelos só depois de 14 dias de indução e quase nem estou comprando mais linguiças, bacon e outros embutidos, porque sempre tem um pouco de açúcar, mas se me dá vontade compro e consumo. Não é que tenha problema, mas é bom sempre controlar esse tipo de coisa. A banana verde, também estou inserindo depois de 14 dias de indução, como quase sempre frita, porque adoro...em média 3 bananas por dia, só que também não consumo todos os dias.
     Por hoje é isso, quanto aos comentários do Programa do Gugu não tem muito o que falar, pra quem não viu tem vídeo no site do R7 e também no youtube (Clique aqui para ver no R7), é só assistir para ver que ele nos convidou para mostrar um exemplo bem sucedido da dieta "errada". Querendo dizer o que não fazer e pregando novamente o ultrapassado conceito da pirâmide alimentar e que alimentação saudável se baseia em quantidades diminutas de alimento, em uma dieta hipocalórica, hipolipídica e muita atividade física. O que sinceramente, sabemos e estamos carecas de ver notícias todos os dias que não é beeem assim. Comentários como "o café tem colesterol" foram de matar...kkkkk! Ele quis simplificar para as pessoas entenderem melhor e falou uma grande bobagem. Mas enfim, deixo aí o link do vídeo e comento com calma outro dia, também vou postar as fotos. Mas valeu a pena, muita gente me viu lá e pode entrar em contato comigo, pude explicar como funciona certinho e ajudar alguns. Também amei o passeio, fui com a minha mãe, que andou de avião pela primeira vez, ela estava muuuito contente...foi inesquecível. Antes de sair daqui, já sabia que seria mais ou menos daquele jeito, na realidade imaginei que ele detonaria muito mais a dieta, então foi "menos ruim" do que eu já havia me preparado para ouvir. Só uma coisa fiz bem errada, escolhi uma roupa que acabou comigo...kkkkk! Gente a maledeta televisão engorda mesmo e dependendo da roupa é o fim.... Estava meio friozinho e resolvi colocar esse vestido de lã, no espelho estava ótimo, no vídeo e nas fotos fiquei gigante...Tenho fotos do mesmo dia com outras roupas, vou postar também, ficou muito diferente. Mas fora essas coisas, foi ótimo. 
     Tenho que deixar o agradecimento especial a Geovana do blog MEU EMAGRECIMENTO, que foi quem me indicou para a produção, eles procuravam alguém que fizesse Atkins e ela faz a Dukan, então passou meus contatos para eles. Geovana, você é maravilhosa, foi um dos meus primeiros exemplos de superação, depois pude te conhecer um pouquinho, acompanho seu blog e rede social, sempre está me apoiando e comemorando comigo os passos dados...só tenho a agradecer, não só por essa indicação mas principalmente por você ser essa pessoa especial que é, um grande exemplo de mãe, mulher e amiga! Obrigada.

Em 2010 antes de iniciar a dieta.

Hoje... :D



Beijão e Sucesso a Todos!!!

     

domingo, 7 de outubro de 2012

Confissões, Boas Notícias e enfim, O Retorno...

      Olá pessoal, 
     enfim de volta ao blog....rsrsrs! Depois de tanto tempo sem postar muita coisa aconteceu, muitas mudanças em toda a minha vida. Mesmo assim, não deixei de passar por aqui de vez em quando, de atualizar a barrinha de peso e também não abandonei a dieta completamente. 
Passei por momentos maravilhosos e muitos nem tanto, foi (e está sendo) uma fase de grande aprendizado para mim. Muitos desses momentos difíceis foram muito bons, pois finalmente estou encarando de frente alguns dos problemas que me acompanham por toda a vida e também foram, em grande parte, causa do desenvolvimento da minha obesidade, além de inúmeros problemas em meus relacionamentos pessoais. Há alguns meses atrás passei por muitas situações estressantes, a mudança de cidade, a distância dos meus pais (com quem morei a vida inteira), a minha reconciliação com meu namorado e consequente namoro à distância novamente, todas as dificuldades de uma nova vida aliadas à correria e os desafios do mestrado. Resultado, surtei. Tive reações em que eu mesma não me reconhecia, foi bem complicado. Com muita insistência do meu namorado, o qual foi o meu grande companheiro em todos esses momentos e a única pessoa com a qual eu dividi tudo isso em todos os detalhes, fui procurar ajuda médica. Enfim, fui diagnosticada em um primeiro momento com transtorno de ansiedade, o que não é uma constatação tão difícil quando eu penso em tudo o que passei minha vida toda e o quanto eu compensava em várias fases da vida em outras coisas, na maior parte dela, na comida.
     Atualmente estou em tratamento com medicamentos e esperando (SUS é uma maravilha) o início da psicoterapia. Confesso que neste período, mesmo depois de começar o tratamento, nem tudo foi melhorando também. Comecei com um medicamento e após um período troquei, no começo não notei nenhuma diferença, tinha os mesmos episódios de estresse e pânico. Há um mês mais ou menos, venho melhorando consideravelmente. Me sinto super bem, claro que, um dia de cada vez. Mas consegui retornar a dieta, às minhas atividades físicas, ao cotidiano mais normal possível, estou conseguindo estudar e, aos poucos, me relacionando novamente com as pessoas. Por vários meses, me afastei de tudo e de todos, acabava cumprindo minhas obrigações forçada, o que me frustrava e me empurrava ainda mais pra baixo, acabava trancada no meu apartamento por dias, sem ter vontade de nada e dormindo pelo máximo de tempo que conseguisse. Estou em uma fase boa agora, segundo meu médico é assim mesmo, o tratamento demora um pouco a fazer efeito. 
     Além de tudo isso, tive crises de compulsão alimentar e com a cabeça a mil, sucumbi muitas e muitas vezes aos desejos. Tive um descontrole grande por doces, comprava biscoitos, bolos e chocolate e comia em quantidades absurdas, depois disso, mais culpa e frustração, e o ponteiro da balança só subindo. O ápice dessa fase foi no mês passado, quando vi a balança marcar acima dos 80Kg novamente. Que tristeza gente, mas foi necessário esse choque, foi aí que percebi que estava mesmo estragando tudo, o peso só refletia tudo que eu mesma estava regredindo e perdendo. Decidi que daquele jeito não poderia continuar, oras...que ia acabar com tudo, depois de tanto esforço. Então voltei à minha rotina de alimentação e estou procurando novamente o equilíbrio. Muito me passou pela cabeça nesse período, não voltava a postar no blog, também participava pouco nas redes sociais, porque no fundo, eu sabia que muitas pessoas torciam por mim e eu não estava em um momento bacana para dividir, além de me sentir frustrada por estar me destruindo denovo.
     Também devo comentar, que grande parte desse "re-começo" se deve justamente a tanto carinho que recebo, de tantas pessoas que nem me conhecem pessoalmente ou de alguns poucos amigos que permaneceram ao meu lado nesse momento tão difícil, vou me lembrar sempre disso e procurar ter forças para permanecer lutando. Fica aqui o agradecimento pela consideração e pelo afeto gratuito.
     Retomei a dieta pra valer no dia 18 de setembro, quando vi a balança marcar os assustadores 80,400Kg...Mas olhei e pensei, não vou me apavorar, eu sei que fiz com que isso acontecesse, então vou reverter tudo, com calma. E assim o fiz. Agora só tenho tido entusiasmo e alegria. Gente, depois de 13 dias de dieta, havia mandado para o espaço 4,200Kg...é ou não é para agradecer todo dia à existência e ao legado do Dr. Atkins!!! rsrsrs... 
Na última pesagem, dia 01 de outubro eu estava com 76,200Kg, ainda longe do meu menor peso, pouco mais de 72Kg que consegui atingir em dezembro do ano passado, mas já é uma grande vitória. E amanhã é dia de pesagem, me segurei pra não ir hoje, pois estou bem menor visivelmente, uma bermuda que vesti semana passada e coloquei hoje novamente já está bem mais folgada, até sobrando tecido nas pernas e na frente...kkkkk!
     Participo de alguns grupos de discussão da dieta no facebook, em um deles, o ATKINS FLEX, entrei em um desafio com a mulherada... "O desafio do biquíni de lacinho: Arrasando no Natal" (amei esse nome, rsrsrs!), o negócio é o seguinte, queremos chegar no natal lindas e maravilhosas, então a intenção é nos motivarmos para fazer a dieta corretamente e atingirmos cada uma a sua meta de fim de ano, termina no dia 20 de dezembro, a minha é os tão sonhados 65Kg.  Ainda faltam 11,200Kg, mas se depender da nossa dieta maravilhosa, isso vai acontecer bem antes do que o programado... Quando comecei ainda estava na fase "bad", depois ainda engordei mais um pouco. Mas foram essas as fotos mais recentes que tirei e quero postar aqui, logo que conseguir tiro mais algumas, pois esses quilos que foram embora já estão fazendo muita diferença, principalmente na minha auto-estima! E também as fotos do cabelo novo... Adoro mudar!!! :D
     Bom, por hoje é isso (essa postagem já está imensa), farei o possível para voltar aqui sempre, estar discutindo e postando novidades e informações sobre a dieta, sobre a minha vida, desabafando e me divertindo aqui com vocês, que foram tão importantes para que eu conseguisse chegar tão longe. Ah, amanhã vou postar o peso novo e também falarei um pouquinho da minha participaçãozinha no Programa do Gugu em junho, que foi mais pra passar raiva, kkkkk! mas valeu pela boa intenção. 


77,8kg.


Cabelo Novo Denovo...



Muita alegria e entusiasmo pra começar mais uma semana,
Beijo grande e sucesso a todos!!!




sábado, 3 de março de 2012

Fatos e Mitos da abordagem nutricional Atkins











Mito: A abordagem nutricional Atkins só é eficaz para perda de peso, porque é restrita em calorias.

Fato: Aqueles que seguem a abordagem nutricional Atkins  podem ingerir menos calorias do que antes, mas não porque o programa é restritivo ou limita indevidamente a ingestão de alimentos. As pessoas que estão fazendo Atkins podem estar comendo menos calorias porque geralmente sentem menos fome e são menos obcecados por comida. Mas é também importante compreender que, em Atkins alguém pode consumir 1.800 a 2.000 (muitos homens podem consumir ainda mais) calorias por dia e ainda perder peso, um resultado que não poderia ser alcançado em um regime de baixo teor de gordura.

O menor consumo de calorias ocorre por duas razões:
Os níveis de açúcar no sangue permanecem estáveis durante todo o dia,  garantindo que você vai tenha menos desejos ou compulsividade alimentar. 

Uma pessoa fazendo Atkins come alimentos como carne, peixe, queijo, nozes, ovos, legumes e frutas low-sugar/low-starchTodos esses alimentos são menos processados, mais nutritivos e mais saciantes do que o menu pré-Atkins típico. Fornecer ao corpo menos calorias vazias e mais alternativas de nutrientes densos, e vai, logicamente, ser satisfeito mais rapidamente e precisar de menor quantidade de comida.

Evidências científicas apontam para o fato de que você pode consumir mais calorias e perder mais peso em um programa de controle da ingestão de carboidratos em comparação com um de baixo teor de gordura. Em um estudo recente realizado no Hospital Infantil da Schneider está em Long Island Jewish Medical Center, 40 pacientes obesos, com idades entre 12 a 18 anos de idade, foram divididos em dois grupos, com um grupo seguindo uma dieta de baixa gordura e outro em um programa de controle de carboidratosOs grupos foram acompanhados durante 12 semanas. Os membros do grupo low-fat foram restritas a 1.100 calorias por dia, os membros do grupo de controle de carboidratos foi permitido um número ilimitado de calorias por dia, embora, em média, eles consumiram 1.830 calorias.

O estudo constatou que, apesar de uma maior ingestão calórica, os indivíduos que aderiram ao programa de controle de carboidratos perderam significativamente mais peso do que o grupo de dieta de baixa gordura, e ainda, melhoraram os seus perfis de risco cardiovascular. Além disso, este grupo mostrou melhor adesão a longo prazo do que aqueles na dieta de baixa gordura. Um ano depois, sete dos oito deles seguindo a abordagem de controle de carboidratos ainda estão envolvidos com o programa, em oposição a nenhum com a dieta de baixa gordura. (1)


Mito: O peso perdido com a Abordagem Nutricional Atkins é basicamente água, não gordura.

Fato: Normalmente em qualquer plano de perda de peso, incluindo a fase de indução de Atkins, durante os primeiros dias - ou até a primeira semana - o peso perdido é principalmente água (diurese). No entanto, em um plano dietético de controle de carboidratos com ingestão adequada de gorduras, após a diurese, o "interruptor" do corpo de queimar carboidratos passa a consumir principalmente a gordura corporal armazenada, juntamente com dieta de gordura aumenta a energia, resultando na perda de peso. Além disso, o peso perdido é principalmente gordura, não massa corporal magra (2,3,4). Vale a pena repetir que estudos têm mostrado que, apesar do fato de que mais calorias foram consumidas em um programa de controle de carboidratos do que em um programa de baixo teor de gordura, os indivíduos com carboidratos controlados perderam mais peso do que aqueles em programas de baixo consumo de gordura.

Mito: A cetose é perigosa e causa uma variedade de problemas médicos.

Fato: Os corpos cetônicos são um dos dois combustíveis para o nosso corpo - o outro é a glicose. Sempre que seu corpo utiliza o combustível metabólico alternativo (gordura corporal armazenada), os subprodutos que ele usa são as cetonas. 

Quando você controla a ingestão de carboidratos, como você faz durante a fase de indução de Atkins, o corpo entra no estado de dissolução de gordura chamado lipólise. Derivados da lipólise são as cetonas e do processo de formação deles é a cetose. Tanto a lipólise quanto a cetose são funções perfeitamente normais e naturais do corpo. Quanto mais cetonas você libera, mais gordura você têm consumido. Infelizmente, a cetose é freqüentemente confundida com cetoacidose, um problema encontrado em diabéticos cujo açúcar no sangue está fora de controle, alcoólatras e indivíduos em estado de inanição.

Em uma pesquisa com pacientes que foram estudados em condições metabólicas de cetose dietética por um mês demonstraram que ta condição era benigna, sem maiores complicações ou efeitos colaterais. O estudo verificou as condições cardíacas (coração), renais (rins), hepáticas (fígado) e hematopoética (sangue)  nos pacientes e não encontraram efeitos adversos(5). Além disso, em 40 anos de prática clínica, incluindo milhares de pacientes no Atkins Center, tais complicações nunca foram observadas. Outros estudos mostram que a saúde óssea não foi comprometida (6-13); que a função renal foi estável em dietas com controle de carboidratos (14-16) e não há nada na literatura especificamente  sobre a hiperlipidemia (colesterol e triglicéridos elevados), mostrando valores melhores quando dietas com controle de carboidratos foram seguidas (1, 6, 17).

Mito: Dietas que promovam um consumo de alto teor de gordura de produtos de origem animal podem elevar os níveis de colesterol, levando a doenças cardíacas.

Fato: Estudos recentes demonstram que um plano alimentar de controle de carboidratos, se seguido corretamente, promove a saúde cardíaca e melhora os parâmetros clínicos. Um estudo realizado por Jeff S. Volek, MS, Ph.D., na Ball State University, mostrou os efeitos positivos que uma abordagem nutricional de controle de carboidratos teve sobre os níveis de triglicérides. O estudo consistiu de 12 homens saudáveis ​​com idades entre 20 e 55 anos que seguiram o programa de oito semanas. Após a conclusão do estudo, os indivíduos, em média, reduziram seus níveis de triglicerídeos em 55%, reduzindo drasticamente um dos principais fatores de risco para doença cardíaca. Além disso, este estudo mostrou que uma dieta rica em carboidratos aumenta os níveis de triglicérides no sangue e reduz os níveis de HDL, sendo que ambos têm sido associados com maior risco de infarto do miocárdio, doença isquêmica do coração e eventos coronarianos (6). Além disso, vários investigadores demonstraram que níveis elevados de triglicérideos e HDL baixo, e não o colesterol total, podem ser os fatores mais importantes no desenvolvimento de doença cardíaca e enfarte (24-28).

Mito: Porque exclui frutas, legumes e grãos, Atkins é deficiente em nutrientes. 

Fato: A abordagem nutricional Atkins não exclui frutas, legumes e grãosA fase inicial de indução de Atkins, que as pessoas muitas vezes confundem com todo o programa, é a fase mais rigorosa, permitindo a ingestão de 20 gramas de carboidratos por dia. No entanto, esses 20 gramas vêm na forma de até três xícaras de vegetais verdes folhosos e saladas por dia, e também podem incluir altamente alimentos ricos em nutrientes e fibras, além de vegetais como brócolis, aspargos, berinjela e espinafre.


Mito: A abordagem nutricional Atkins provoca constipação porque não tem fibra.

Fato: A abordagem nutricional Atkins inclui alimentos ricos em fibras, como espinafre, berinjela, brócolis, aspargos e folhas verdes. Além da fase de indução, também inclui frutas de baixo índice glicêmico como amoras. Além disso, se for necessária maior ingestão de fibras durante a indução, suplementos de fibra, tais como farelo de trigo ou farinha de linhaça são recomendados. A suplementação é desnecessária na fase de perda de peso contínua, porque mais frutas e vegetais são introduzidos.

Mito: É impossível manter o peso perdido a longo prazo com a abordagem nutricional Atkins.

Fato: Atkins é uma abordagem nutricional de controle de carboidratos que promove mudanças permanentes e hábitos alimentares saudáveis. O programa completo inclui quatro fases, que vão aumentar gradualmente a ingestão de carboidratos e permitirão que o indivíduo encontre o nível crítico de carboidratos para a manutenção do peso. A variedade de alimentos permitidos em Atkins oferece um variado cardápio que não é nem complicado, nem restrito, e ajuda as pessoas ficam motivadas a mudar seus hábitos alimentares para sempre.


Mito: As pessoas que seguem a abordagem nutricional Atkins  podem sofrer de fadiga.

Fato: A fadiga pode ocorrer nos primeiros dias de Atkins, enquanto o corpo se adapta à mudança das vias metabólicas. Normalmente leva cerca de três a quatro dias para que o organismo altere do metabolismo do açúcar para o metabolismo da gordura. Após essa transição, desde que os indivíduos não pulem refeições,  já serão capazes de ter muita energia e raciocínio ao longo do dia, porque o açúcar no sangue é estabilizado.

Mito: A abordagem nutricional Atkins é deficiente em construção óssea de cálcio.

Fato: Atkins oferece uma variedade de alimentos ricos em cálcio, incluindo queijo e vegetais como brócolis e espinafre. Além disso, em um estudo publicado no American Journal of Nutrition, os pesquisadores levaram quatro adultos do sexo masculino e estudaram os efeitos de curto e longo prazo de uma dieta rica em carne no metabolismo de cálcio. O estudo não encontrou alterações significativas do equilíbrio do cálcio. Também não houve alteração significativa da absorção intestinal de cálcio durante o elevado consumo de carne (7).

Mito: Atkins é rica em gordura, e todos nós sabemos que as gorduras causam doença da vesícula biliar.

Fato: Há evidências científicas recentes e irrefutáveis ​​de que os cálculos biliares (responsável por mais de 90% de doença da vesícula biliar) são formados quando a ingestão de gordura é baixa. Dois estudos separados têm mostrado que 25% dos participantes que desenvolveram ultra cálculos biliares consumiam dietas de baixo teor de gordura, e em um terceiro estudo, que examinou os efeitos de uma dieta que proporcionou 27 gramas de gordura por dia, os cálculos biliares foram desenvolvidas em 13 por cento dos participantes (29). A razão é que a vesícula biliar não contrairá com menor quantidade de de gordura a ser retirada de seu interior, e se não faz a contração, uma condição chamada estase biliar se desenvolve e os sais biliares cristalizam-se em pedras. A vesícula biliar precisa ser mantida ativa para evitar a formação de "pedras".


REFERÊNCIAS:

1. Sondike, SB, Copperman, NM e Jacobson, MS, "A dieta de carboidratos de baixo aumenta a perda de peso, mas de Risco Cardiovascular não em adolescentes obesos: Um estudo controlado randomizado," Journal of Adolescent Health, 26, 2000, página 91.

2. Young, CM, Scanlan, SS, Im, HS et al., "Efeito sobre a composição corporal e outros parâmetros em obesos Homens Jovens de nível de carboidratos da dieta redução", o American Journal of Clinical Nutrition, 24, 1971, páginas 290-296 .

3. Willi, SM, Oexmann, MJ, Wright, NM et al, "Os efeitos de uma proteína de alta, dieta baixa em gordura, cetogênica em adolescentes com obesidade mórbida: composição corporal, bioquímica sanguínea, e alterações do sono,". Pediatria, 101 (1), 1998, páginas 61-67.

4. Avery, NG, Volek, JS, Gomez, MR et al, "Os efeitos de uma dieta cetogênica sobre a composição corporal em homens com peso normal," Resumo do Colégio Anual 48 Americano de Medicina Esportiva;. Resumo # 3326, Baltimore, Maryland, 31 maio - 2 junho de 2001.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

De volta ao meu cantinho...

Olá pessoal, enfim retornei ao blog e que bagunça estava por aqui. Ensaiei a volta por várias vezes, mas com ele todo desconfigurado ficava difícil ter vontade de escrever, tinha que organizar as coisas pra poder trazer as novidades para vocês.

Já tem alguns meses da última postagem (que vergonha!) e muita coisa aconteceu neste período. Na realidade fiquei enlouquecida do meio do ano passado pra cá. Tem muita coisa pra contar, então acho que iremos como o Jack Estripador, por partes...rsrsrs!

Não abandonei completamente dieta, somente em alguns períodos, principalmente nas férias do fim do ano. Mas nunca me mantive completamente longe. Há vários anos não viajava nas férias e este ano fui para a praia, então já viram né?! Quanta bobagem eu comi.... Mas meu corpo até que respondeu bem a este período de excessos, pois considerei pouco o peso recuperado, porque eu comi muitooooo em algumas ocasiões.

Do meio do ano até o final não emagreci muito mais, mantive o peso. Virava e mexia dava minhas escapadas e compensava depois, houve uma pequena variação de peso, diminui uns 5, 6kg nesse período. Em dezembro cheguei a atingir os 72kg.... Uma maravilha! Foi um semestre corrido, o final da faculdade, TCC e eu ainda inventei de trabalhar em dois empregos! Vê se pode...Quase enlouqueci, mas sobrevivi.

Em dezembro do ano passado prestei a prova de seleção para o curso de mestrado que tanto quis e gente, EU PASSEI!!! \o/

Meu foco sempre foi este curso, desde 2008 quando iniciei a faculdade, então imaginem a minha empolgação quando consegui realizar mais este sonho. Mas aí que começa a mudança total de rumos, pois a outra universidade é em outra cidade a 400km de distância de onde eu morava. Tive que abandonar a casa dos pais e me aventurar na odisseia de morar sozinha!!! (dramáticaaa). Na verdade as "fichas" estão começando a cair agora, estou na nova casa em definitivo há menos de uma semana, então ainda não tive grandes problemas, só a saudade que começa a dar seus sinais.

Também estou namorando novamente, aliás, fizemos a viagem de férias como uma reconciliação, uma nova chance pra nos entendermos. Estamos felizes, mudamos e amadurecemos muito. Ele tem sido meu grande apoio e companheiro em toda essa mudança pela qual estou passando. Mas enfim, vou contando aos poucos, porque a história longaaa! Mas adianto que não me lembro de ter sido tão feliz como estou hoje em toda a minha vida.

Após todo esse turbilhão de acontecimentos, chegando a nova cidade, nova casa, voltei a melhor dieta! Então hoje está fazendo 6 dias que retornei a fase de indução da Atkins, estou me sentindo maravilhosamente bem (confesso que já queria ter voltado há tempos), acho que esta semana vou perder um peso bom, porque já estou me sentindo "murcha" denovo. Então, nas férias passei dos 72,1kg para os 78,1kg (e comi pra caramba!), não achei nenhuma tragédia, mas agora é hora de tomar jeito e retomar a vida saudável. Estou comendo muito peito de frango, queijo, bacon, ovos, salada e pão da indução (vou postar a receita que uso, uma maravilha). O peso que está na barrinha é do primeiro dia da dieta pela manhã, então como já era rotina, me peso uma vez por semana, a atualização ocorrerá na próxima quarta-feira.

Por enquanto é isso, vou contando as novidades aos poucos, pois passei muito tempo longe do meu cantinho e tem muito pra dizer...rsrsrs!

Fiz um book para comemorar meu "corpicho" novo em novembro, então seguem algumas fotinhos pra vocês verem como estou. Também tem fotos da missa da minha colação de grau semana passada, que são fotos bem atuais. Muito obrigada por não terem esquecido do meu blog, vocês são a razão de ele existir!!!


Grande beijo a todos e tenham uma semana maravilhosa!!!




Fotos do Book feitas em Novembro de 2011 (estava com +/-74kg).


Eu e a minha linda Mamãe no dia da missa da colação de grau (18/02/2012).


quarta-feira, 20 de julho de 2011

Hoje é Dia do Amigo \o/... e esta tal de PPC!



Bom Dia Amigos!!!


Antes de mais nada quero agradecer a todos o apoio que encontro aqui, sintam-se abraçados meus amigos virtuais e pessoais que me acompanham em todas as horas! Feliz Dia do Amigo...
Com a dieta está tudo tranquilo, comecei a PPC no domingo e acabei não tendo tempo para postar as fotos. Não mudou muita coisa, a inserção de alimentos tem que ser feita lenta e gradativamente. Acabei optando pelo amendoim, que é pertence ao grupo de alimentos permitidos no nível 3. Estou ingerindo 5g de amendoim por dia, que equivale a 52 unidades aproximadamente. Nessa fase temos que ir variando devagarzinho a alimentação e sempre controlando direitinho as quantidades, pois é agora que vamos ir evoluindo até descobrirmos a quantidade de carboidratos que podemos ingerir por dia, isso é diferente para cada pessoa.
No meu caso estou me sentindo super bem, inclusive desconfio que essas 5g de carbo não me fizeram sair da cetose ainda. Vou permanecer até amanhã apenas com esse aumento, vou me pesar e tirar as medidas pra conferir se continuo emagrecendo e então vou acrescentar mais 5g de carbo a minha alimentação. Passando então para o nível 4, onde são permitidos os berries (morangos, blueberries ou mirtilos, framboesas, amoras pretas, etc.), cerejas, melões (mas não melancia).
No domingo quando iniciei a fase acho que tive um "craving",  que é aquela vontade forte de comer mais carboidratos que sentimos normalmente no início da dieta. Mas isso é perfeitamente normal, o grande desafio agora é aprender a comer e controlar essas vontades. Sempre vamos sentir vontade de comer mais e mais, mas a grande sacada é aprender a se controlar para nunca mais engordar. Temos que nos lembrar que sempre poderemos comer de tudo, mas com consciência. No primeiro dia consegui controlar, acabei comendo um pouco mais do que habitualmente, mas nada de exagero nos carbos, fiquei dentro da minha alimentação normal do dia a dia e inseri somente as 5g de amendoins a mais. Digo que acho que tive um “craving” porque pode ter um fator emocional dentro disso, na segunda-feira tive a apresentação da minha pré-banca de TCC, então imaginem minha ansiedade no domingo. Mas no final das contas, me saí bem na apresentação. Agora só estamos aguardando as notas!
Algumas pessoas estão postando comentários sobre a alimentação na primeira fase, aqui no blog temos uma lista dos alimentos permitidos e breves explicações sobre algumas coisas. Também há disponível em um post parte do livro para download. A indução não é realmente muito diversificada em alimentos, eu comi o que tem postado aqui no blog mesmo. Mas com criatividade é possível fazer muitas coisas nessa fase, sempre com muita atenção aos ingredientes utilizados e as quantidades permitidas, dá pra fazer receitinhas deliciosas. Quanto a sentir mal estar durante os primeiros dias, é normal. Dor de cabeça, náuseas e tonturas leves acontecem. Fique de olho se não está tomando pouca água, comendo pouco, não se pode pular refeições e nem comer em quantidade insuficiente, um bom prato de proteína, gordura e saladas geralmente resolve esses problemas. Se permanecer por muitos dias, mesmo tomando cuidado, é bom procurar um médico para continuar a dieta.
Por hoje é isso, seguem fotinhos da minha alimentação no domingo, fora isso que está ali comi um potinho de gelatina zero da Stevia, sabor maracujá. Segunda-feira e ontem me alimentei basicamente da mesma forma, carnes e saladas de folhas com o acréscimo de 52 unidades de amendoim salgadinho.

Frango assado e salada de acelga.
52 unidades de amendoim torrado e salgado (aprox. 5g de carboidratos).

Frango assado com refogado de repolho, com alho e cebola.


Beijos, tenham uma linda quarta-feira!!!



sábado, 16 de julho de 2011

Muita Calma Nessa Hora... Mudança de fase - PPC!


Olá pessoal, eis que chegou a tão esperada hora da mudança de fase....

Na verdade já passei um pouco da hora...rsrsrs! Mas vou contar a vocês que resolvi aumentar minha meta, vou passar dos 70kg para 68kg. Na verdade estou satisfeitíssima com meu corpo, braços, pernas, até acho que meus seios diminuíram demais, o único problema é a barriga. Tá difícil de mandar ela embora, então estendi a meta pra dois quilos a menos e vamos ver no que dá. Segundo meu IMC meu peso normal está entre 75kg e 60kg, então não terei problemas. Em um site vi que meu peso ideal seriam 62,800kg, mas acho que é muito pouco e vou ficar muito magra. Não acho nada bonito mulher muito magra, porque seria uma? kkkkk....
Então chegou a hora da prova de fogo, a PPC (perda de peso contínua) consiste em adicionar 5g de carbos por semana a dieta, de alimentos específicos também, e ir acrescentando aos poucos até descobrir o seu NCCPP (Nível Crítico de Carboidratos para Perder Peso). Fase também bem descrita no livro e transcrevo um trecho para que possam conhecer melhor de como deve ser feita:

"Há duas maneiras de determinar o NCCPP. A escolha que fizer dependerá de sua personalidade. Se é uma pessoa detalhista, metódica, que gosta de pesar, medir e numerar, vai encontrar o número real. A maneira de fazer isso consiste em aumentar a quantidade de carboidratos que ingere além daquela única salada que comia no nível de indução. Fazendo esse aumento, você mede o número de gramas de carboidratos em cada um dos acréscimos. De modo geral, considero um aumento de cinco gramas diários como representando um "nível" da dieta.
Você subirá na escala e, finalmente, alcançará um número no qual deixará de perder peso. Este é o seu NCCPP. Acima dele. Você não perderá mais ou começará a engordar. Abaixo, estará definitivamente fazendo dieta no sentido popular da palavra, isto é, está perdendo peso. Para vocês detalhistas, numericamente orientadas, o NCCPP será um número bem preciso.
E poderá dizer a uma colega que também faz a dieta Atkins: "Meu Nível Crítico de Carboidratos para Perder Peso é de 45 gramas", ou 32, ou, quem sabe, apenas 19.
Por outro lado, você talvez seja uma pessoa empírica - o que acontece com muitas. Legal, também. Se você não gosta de lidar com números, seu modo de proceder será ainda mais simples. Aumente regularmente o nível de consumo de carboidratos, até que a perda de peso começa a tornar-se imperceptível e, em seguida, recue a partir desse nível. Você poderá ver mais ou menos quanto de salada e verduras está comendo e, se tiver um bom olho para quantidades constantes, vai se dar bem."


FASE 2 - PERDA DE PESO CONTÍNUA

Nível 3 - nozes, amêndoas, amendoins, avelãs, macadamias, pistaches, castanha do pará ( mas não castanhas de caju e nem castanhas portuguesas);
Nível 4 - berries ( morangos, blueberries ou mirtilos, framboesas, amoras pretas,etc), cerejas, melões (mas não melancia);
Nível 5 - Iogurte natural integral ou coalhada, queijos frescos como minas frescal,  cottage e ricota;
Nível 6 - Leguminosas como grão de bico, lentilhas, feijão
Nível 7 - Suco de tomate ou de outros coquetéis de vegetais, com mais quantia limão galego ou tahiti;


Então vamos para uma lista básica de alimentos que são permitidos serem introduzidos nesta fase:

O Poder dos Cinco
Nas porções recomendadas, estes alimentos contêm cerca de 5 gramas de carboidratos líquidos (carboidratos totais menos as fibras).
Usamos a medida de los Estados Unidos, donde:
- 01 xícara  = 240ml
Verduras:
- ¾ de xícara de Espinafre cozida
- ½ xícara de Pimentáo vermelho
- 01 Tomate mediano
- 2/3 de xícara de Brócoli cozido
- 08 Aspargos medianos
- 01 xícara de Couve-Flor
- 1/3 de xícara de Abóbora
Lácteos:
- ¾ de xícara de Cottage = 4,7g carbo líquido (total de carbo menos fibra)
- ¾ de xícara de Creme para bater chantilly = 4,8g
- 140g de Mozzarela = 3,0g
- ¾ de xícara de Ricota = 5,7g
Nozes e Sementes:
- 52 unidades de amendoim
- 30 unidades de Amêndoa = 5,2g
- 10 unidades de Castanha do Pará = 4,0g
- 09 unidades de Castanha de Caju = 4,4g
- 06 colheres (sopa) de Semente de Girassol = 5,0g
- 12 unidades de Macadâmia = 4,0g
- 10 metades ou 05 unidades de Noz Pecan = 3,0g
- 50 unidades de Pistache = 5,0g
- 14 unidades de Nozes = 5,0g
Frutas:
- ¼ de xícara de Amora Azul = 5,1
- ¼ de xícara de Meláo = 3,5g
ou
- ¼ de xícara de Framboesa = 3,6g
- ¼ de xícara de Morango = 2,6g
Suco de Frutas:
- ¼ de xícara de suco de Limáo Siciliano = 5,2g
- ¼ de xícara de suco de Limáo = 5,6g
- ¼ de xícara de suco de Tomate = 4,9g 

Alimentos Convenientes
Muitos dos alimentos da lista acima têm embalagens práticas encontradas em supermercados ou lojas de conveniência - basta pegar um pacote e pagar - mas observe o tamanho das porções e subtraia a fibra do total de carboidratos para obter o valor líquido deste último.

Então, já deu pra perceber que é relativamente simples, porém tem que ser feito com calma e muuitaaa observação e precisão. Agora é que o bicho vai pegar mesmo. Mas vou adorar poder variar um pouco mais a alimentação, já que a restrição da primeira fase (a qual já estou há 9 meses) é grande. 
Começo amanhã e vamos ver no que dá. Acho que agora no início vou postando novamente meus cardápios para que todos também se habituem com as próximas fases. Ainda não comprei todos os alimentos, comprei somente amendoim e iogurte, a recomendação é que se insira as 5g de carboidratos semanais de um único tipo de alimento, assim se ocorrer algum efeito ruim você saberá exatamente qual alimento não pode consumir. 


Fotinhos de hoje, carinha feia por causa do sol...rsrsrs!

Abraços a todos e uma ótima noite de sábado!!!


Fontes: Comunidade ATKINS - DIETA no Orkut/ Yahoo Groups: uniaoatkinsbrasil / Livro: A nova dieta revolucionária do Dr. Atkins.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Sacudindo a poeira...

Olá pessoal, estou de volta ao meu cantinho!!!

Esse mês foi muuuito corrido, viajei duas vezes, a pesquisa na universidade vai de vento em polpa e ainda teve o casamento dos meus pais, depois de 30 anos de namoro, rsrsrs!
Só para comentar, sempre que dá dou uma passadinha por aqui, mas com tudo tão corrido, nem sempre tenho tido tempo para postar como gostaria. Porque quero que as postagens realmente ajudem vocês, ou a mim mesma enfim, que acrescentem algo para todos. Mas sinto falta desse meu cantinho também, ando culpada por não conseguir vir com mais frequência. Vou tentar fazer isso mais vezes, nem que seja só pra dar um "oi", sem tantas pretenções.
Com relação a dieta, não parei. Mas vou confessar que andei pecando. Na verdade, foi uma fuga "meio" planejada. No final do mês passado fui a minha cidade natal visitar os amigos, fazia quase um ano que não os via, então pensem na farra que foi. Na semana que passei lá foi só festa mesmo e muuuuita festa! Ingeri bebidas alcoólicas todos os dias e também acabei comendo um pouco de carbo em algumas refeições, mas com comida mesmo, foram só umas 3 escapadinhas. Resultado dessa: 4kg a mais em 5 dias! Voltei me sentindo um monstro de gorda, mas feliz mesmo assim, por ter passado tantos momentos maravilhosos perto de tantas pessoas que amo.
Voltando para casa, já na semana seguinte foi o casamento dos meus pais. Não tem muito o que comentar, foi tudo muito simples mas nem por isso menos especial. Se casaram após 30 anos juntos. Na realidade eles nunca tiveram essa vontade, diziam que não precisavam de papéis para provarem o que sentiam um pelo outro, mas agora, há uns meses atrás começaram a manifestar a vontade de oficializar a união. Só desejo toda a felicidade do mundo para eles, na prática não muda nada, mas dá um novo fôlego a relação... Sempre se deram muito bem, mas depois do casamento estão um mimo só, rsrsrs! E que seja sempre assim.
Bom, retornei a dieta por uns 8 dias sem problemas. Acabei não tendo tempo de me pesar, mas senti que minhas roupas (as que usava antes de viajar) não estavam mais apertadas. Passados estes dias, outra viagem. Desta vez a estudo. Foi uma das semanas mais proveitosas da minha vida. Aprendi muito e pude conhecer a universidade que pretendo estudar no ano que vem, quero fazer meu mestrado lá.
Vocês me perguntaram o que faço, pois as vezes comento sobre as pesquisas e a correria, eu estou no último ano do curso de ciências biológicas. Trabalho com pesquisa há três anos, nossos estudos são na área da neurogastroenterologia. Nome complicadinho, não! rsrsrs.... Mas eu explico, estudamos o sistema nervoso entérico, ou seja, são os neurônios que controlam todo o nosso sistema gastrointestinal. Eles se localizam desde o esôfago até o ânus, controlando a motilidade, secreção e fluxo sanguíneo. Dentre outras funções, também importantes. Enfim, outra hora comento mais sobre isso, afinal merece um post, devido a importância que tem na vida das pessoas e bem estar. Este ano estamos estudando a síndrome metabólica, alguém já ouviu falar? Esta síndrome acomete principalmente pessoas obesas e está associada a uma gama de patologias, como diabetes, resistênicia a insulina, hipertensão e também expõe as pessoas a um grande risco cardiovascular, entre outras coisas. Em nosso trabalho realizamos experimentos com ratos, estamos induzindo os animais a obesidade e ao desenvolvimento da síndrome, colocando frutose na água de beber deles. A frutose é um "maldito" tipo de açúcar, ou seja, carbo, presente nas frutas e em outras coisas, como no xarope de milho, que é o principal ingrediente de refrigerantes, biscoitos e diversas outras comidas lixo. E é apontada atualmente como uma grande contribuinte para a atual epidemia de obesidade.
Mas, voltando as confissões...rsrsrs! Nesta viagem pude estudar muito e comer muiiiito também. Fiquei no apartamento da irmã de uma amiga e nós três nos fartamos a semana toda, até levei meus alimentos da dieta, mas acabei me perdendo por lá. Elas inventaram muita coisa, nem vou comentar muito, mas comemos bastante. Resultado: mais 3kg na bagagem de volta... :(
Retornei para minha casa no domingo e estou me vendo louca com os preparativos para a minha pré-banca de TCC, que será na segunda-feira. Também como havia comentado em um post anterior, estou fazendo estágio pela manhã, que deste, pelo menos, estou de férias até dia 25. Mas agora estou firme denovo na dieta, fazendo tudo certinho, retornei a indução. Sem nenhum abuso.
Ontem tive uma grande felicidade ao ir me pesar  e também uma triste suspeita. Me pesei e a balança indicou 75,900kg, ou seja, consegui eliminar todooo o peso que ganhei e de quebra emagreci mais umas graminhas, Atkins é tudo de bom! Tá certo que se tivesse me mantido na linha deveria estar uns 2 ou 3kg mais magra. Mas devido as furadas, ainda estou no lucro. Só que gente, não pensem que se pode fazer isso direto. Eu estava na dieta há 9 MESES, sem quase nada que comprometesse conscientemente. Meus furos foram alguns erros e falta de informação, que foram corrigidos há uns bons meses. Sempre bato na tecla de que Atkins é a melhor das dietas, porém a mais perigosa também. Então não levem essa minha história como um incentivo, há se furar agora vou retomar depois e não vai ter problema...blá, blá, blá! Tem problema sim, se for muito de vez em quando, pode até ser. O ideal é seguir todas as fases e terminar para que possa comer as guloseimas de vez em quando e controladamente, sem maiores prejuízos. Tem que se manter firme, para que possa usufruir só dos benefícios que essa dieta proporciona. Isso dito, vamos a má notícia. Eu fui ontem ao médico, estou com uma forte suspeita (até já estou tomando medicação) de ovários policísticos, tá não é o fim do mundo. É muito incomodo e perigoso se não tratado, dependendo do grau e tal. Mas é com toda certeza uma herança da minha vida sedentária e obesa de tantos anos. Fiquei triste ao saber, pois acabou me mostrando que a obesidade pode ter me trazido muito mais do que apenas mágoas e baixa estima. Esta semana vou fazer um check up completo, pra ver como vão todas as outras coisas e ver se é realmente a síndrome dos ovários policísticos. Volto aqui pra contar como é que está minha saúde.
Mas vale lembrar que me sinto muito bem, não tenho nada do que reclamar desde que comecei a dieta, sou uma nova pessoa, novo ânimo, fôlego e muita alegria, força, coragem... Enfim, só tenho a agradecer por ter tomado as decisões que me trouxeram até aqui. É natural que possa ter problemas de saúde por conta de tantos anos sendo obesa, mas o melhor é que me conscientizei da minha condição perigosa e agora está tudo sob controle. A última novidade é que estou usando manequim 40! \o/ Feliz demais, nunca havia imaginado essa situação. Obrigada pelo apoio de todos!!!
Bom, por hoje é só. Quero agradecer muito, muito, muito todos que me acompanham e seguem o blog.




Pura felicidade... 25 de junho, baladinha com grandes amigos!



Eu e a Mamis no dia do casamento.... \o/




Grande Beijo e Uma Ótima Sexta-Feira a Todos!!!